Calendário Eleitoral Eleições 2018

170
calendário eleitoral
calendário eleitoral 2018

O Calendário Das Eleições de 2018 é muito importante para que o eleitor esteja sempre ciente do que acontecerá durante o ano de eleições gerais, um dos momentos mais importantes para o país.

O calendário das eleições de 2018 foi definido pelo Plenário do Tribunal Superior Eleitoral ainda no final do ano passado e estimou quais serão as datas para que ocorram os processos eleitoral.

Este calendário possui informações importantes para os eleitores, partidos, candidatos além da própria Justiça Eleitoral, que estipula os prazos necessários para diversas ações que precisam ser tomadas pelos envolvidos na disputa do pleito e também na votação.

A eleição 2018 está marcada para o dia 7 de outubro e caso ocorra segundo turno, este será disputado no dia 28 de outubro.

1º de Janeiro: O que abre o calendário das eleições 2018 são as pesquisas de intenções de voto, normalmente feitas pelos institutos de opinião pública, que precisam sempre fazer o registro na Justiça Eleitoral do que foi questionado, assim como datas e número de eleitores.

1º de Abril: A partir deste dia, é iniciada a chamada propaganda institucional no rádio e também na televisão, que tem como principal objetivo convidar mulheres, pessoas jovens e negras a participarem da política. Estas propagandas ainda ajudam a informar os eleitores em relação ao funcionamento das eleições.

datas eleições 2018

O Calendário Eleitoral de 2018: conheça detalhes

7 de abril: Esta é data importante para as pessoas que desejam serem indicadas pelos partidos aos cargos eletivos em 2018. Quem vai concorrer nas eleições de 2018 teve até este dia para se filiarem a um partido político.

9 de maio: Este dia foi o último para o eleitor requerer título, fazer alteração dos dados cadastrais e também mudança de domicílio eleitoral. O TSE fixou esta data como o último prazo para deficientes solicitarem transferência para seção acessível.

18 de junho: Nesta data são anunciados os valores do Fundo de Financiamento de Campanha. O Tesouro Nacional tem até o dia primeiro do mês citado para fazer o depósito.

5 de julho: Propagandas intrapartidárias começam a ser feitas. A partir desta data os futuros candidatos podem se promover dentro do partido, mas ainda não podem usar rádio, TV ou outras formas de propaganda (como outdoors) para isso.

dias de votação das eleições

Datas importantes para as eleições: Calendário Eleitoral 2018

7 de julho: É nesta data, exatamente a três meses da eleição que os agentes públicos deixam de ter autonomia para nomeação, contratação, admissão, demissão sem justa causa ou mudança de vantagem para servidores públicos. São proibidas também inaugurações além de shows artísticos com recursos públicos.

15 de agosto: este é o último dia para que os partidos apresentem o registro de seus candidatos.

16 de agosto: É quando começa a propaganda eleitoral, os comícios, carreatas, propagandas gratuitas na internet e distribuição de materiais gráficos.

31 de agosto: Início do horário eleitoral, que tem término marco para o dia 4 de outubro. O antigo período de propaganda era de 45 dias, atualmente são 37 dias.

4 de outubro: Data final para os debates na televisão e no rádio.

6 de outubro: Dia final para distribuição de material gráfico, caminhadas, passeatas ou carros de som.