Quem não Fez Biometria Pode Votar?

0
90
quem-nao-fez-biometria-podera-votar

Quem não fez biometria poderá votar nas eleições 2018? Essa´é uma dúvida muito comun entre as pessoas que vão às urnas no mês de outubro para definir os rumos do nosso país.

A biometria é uma nova tecnologia utilizada pelo serviço eleitoral brasileiro para garantir aos eleitores uma nova forma de segurança, assegurando que somente com a sua digital, o eleitor poderá votar.

O Brasil é um dos países onde mais se investe em tecnologia eleitoral, a fim de sempre proteger os eleitores, mas sempre há dúvidas em relação ao assunto das eleições.

Por exemplo, quem não fez a biometria poderá votar nestas eleições? Bom, a pergunta é uma só, mas tem respostas distintas para cada caso.

Se em sua cidade o recadastramento biométrico foi tratado com obrigatório, existe o risco do título de eleitor ser cancelado. Após isso, não haverá chances de votar.

Contudo, se o seu estado ainda não concluiu o cadastramento biométrico, ainda é possível conseguir votar sem ter feito a inclusão da digital no sistema da Justiça Eleitoral.

Mesmo com estas variantes, é muito importante garantir que está tudo certo em sua relação com a Justiça Eleitoral. Procure o cartório que pertença à sua zona eleitoral e agende a biometria.

Falando nisso o recadastramento biométrico ainda está sendo feito aos poucos, por isso, é necessário buscar informações sobre cada localidade.

Algumas cidades menores ainda não começaram a fazer o recadastramento e para se informar bem sobre o assunto, o cartório eleitoral de sua zona precisa ser buscado. Assim, não há riscos de você perder a chance de conseguir votar nos seus representantes.

quem nao fez biometria ficara impedido de votar

Quem não fez biometria pode votar? – Detalhes importantes

Algumas pessoas ainda não sabem se são obrigadas a fazer a biometria em seus municípios, mas isso é muito simples de descobrir.

Você pode ir ao cartório eleitoral, é possível fazer uma consulta rápida para descobrir o endereço por meio do portal oficial do TSE.

É possível, inclusive, fazer um agendamento para o atendimento eleitoral por meio da internet, porém esta possibilidade está acessível em somente alguns estados. Também no portal do Tribunal Superior Eleitoral, você pode verificar.

Assim, você terá marcado um horário para comparecer na Justiça Eleitoral. O eleitor tem até cinco dias para ir ao local munido do protocolo informado no website e também da documentação solicitada.

Biometria é sinal de maior segurança

Prazo para realização de recadastramento biométrico normalmente é decidido por cada município, assim, sua zona eleitoral terá detalhes sobre este assunto.

Para realizar o seu recadastramento biométrico será necessário ir ao cartório eleitoral com documentos para identificação, como a carteira de identidade, ou carteira de trabalho, um documento que comprove sua residência naquela cidade, como uma conta de luz ou água, original, recente e no nome do eleitor.

Além de comprovante de quitação do serviço militar, solicitado para os homens maiores de 18 anos.

Após isso, você terá feito o recadastramento biométrico e estará apto para votar e com os seus dados em dia com a Justiça Eleitoral, garantindo maior segurança para o voto.

É importante deixar claro que quem não votar está abrindo mão de um direito de cidadania e poderá se envolver com problemas na Justiça Eleitoral, podendo ficar impossibilitado de emitir passaporte, receber salário (caso trabalhe no ramo público) e de pedir empréstimos dentre outros.