O que Acontece Se Não Votar?

189

Uma pergunta muito feita em época de eleições é a seguinte: “O que acontece se não votar?”. E neste artigo esta dúvida será sanada.

O eleitor que não tiver como votar nas eleições 2018 estará sujeito a penalidades da Justiça Eleitoral se não justificar a ausência.

Mesmo diante de tantas informações, algumas pessoas ainda não sabem, de fato, a importância que é estar em dia com o sistema eleitoral brasileiro.

Primeiramente, a votação no Brasil é obrigatória e por isso, o eleitor que não está em seu domicílio no dia da eleição pode se justificar fazendo o preenchimento do Requerimento de Justificativa Eleitoral. Para saber como justificar, leia o nosso artigo completo sobre o tema.

Quem não vota e também não faz a justificativa de ausência no dia da votação, têm um prazo de até 60 dias para se dirigir a um posto de atendimento da Justiça Eleitoral voltado ao eleitor, ou a um cartório eleitoral.

Dentro do prazo dos 60 dias, o eleitor preencherá o Requerimento de Justificativa no período pós eleição, portanto a cédula de justificativa é diferente.

faltar no dia da eleição e não votar

O que acontece se eu não votar? – Não vou justificar, o que pode acontecer?

Quem não exerce o direito do voto e não faz as devidas justificativas em até 60 dias após a eleição, consegue uma pendência com o órgão que regulamenta as eleições, a Justiça Eleitoral.

Com isso, o eleitor perde o direito de emitir passaportes e de retirar nova via de carteira de identidade.

A pessoa que não vota  não poderá fazer parte de concursos públicos ou administrativos em qualquer instituição do Brasil, dos estados ou dos municípios, zerando as chances de solicitar empréstimos a bancos ou de financiar imóveis e carros.

O eleitor faltoso ainda fica impedido de conseguir crédito subsidiado pelo governo, receber salário vindo de entidades públicas ou assistidas pelo governo, além de tomar posse em cargos públicos.

Você perde direitos se não votar: saiba o que mais pode acontecer

Além de todos os ônus citados, o cidadão que optou por não votar e não justificou a ausência no pleito também fica impedido de renovar matrícula em instituições de ensino público.

Qualquer documento que haja a necessidade de quitação eleitoral não pode ser emitido para quem não vota e não justifica.

Caso a pessoa não vote por mais de três eleições consecutivas, ela terá o seu título de eleitor cancelado.

Após isso, o eleitor precisa buscar a justiça eleitoral para regularizar sua situação o quanto antes, já que após seis anos de título cancelado, o eleitor tem o cadastro eleitoral apagado dos sistemas.

Muita gente ainda se questiona em relação a multa por não votar. Se o eleitor resolve regularizar a situação após os 60 dias depois da eleição, ele poderá pagar a multa no valor de R$ 1.05 até R$ 3,51.

Para resolver estas questões citadas, o cidadão necessita de um documento que justifique sua ausência (como atestado médico ou bilhete de viagem) e um documento de identificação válido com foto.

Para quem tem o título de eleitor cancelado, é necessário levar o comprovante de residência e o título.